Depois de 20 anos dedicados à moda na indústria, ao ser diretora comercial de uma empresa exportadora de vestuário, bem como mais tarde na área de comércio e franchisings, e tendo aberto as lojas Mulberry, Don Algodon, Globe e Coup de Coeur, no Porto, percebi que era pelos tecidos que me apaixonava. Tal descoberta refletiu-se na apaixonante espera de cada estação, das novas texturas, das novidades nos acabamentos, nos desenhos e nas novas cores. Graças à Mulberry, que para além da moda oferecia uma maravilhosa colecção de tecidos, entrei no mercado da distribuição, trabalhando com colaboradores e arquitetos.